LOADING

Análise do livro Sapos em Príncipes

Análise do livro Sapos em Príncipes

by Rodrigo maio 18, 2017

O livro Sapos em Príncipes foi retirado do formato de um seminário de 3 dias que foi aplicado onde Bandler e Grinder, nesse seminário do qual foi “meio que transcrito” para o livro, os autores mostram que é possível usar essa tecnologia da PNL para curar fobias e outras respostas desagradáveis ​​sentimento, ajudar crianças e adultos com “dificuldades de aprendizagem”, eliminar a maioria dos hábitos indesejados como fumar, beber, comer demais, insônia, fazer mudanças nas interações de casais e famílias e tudo isso normalmente em menos de uma hora.

A PNL é o estudo subjetivo da experiência humana e usando seus princípios, é possível descrever qualquer atividade humana de uma forma detalhada, usando esses conhecimentos é possível fazer muitas mudanças profundas e duradouras de forma rápida e fácil.

 

Sobre O livro Sapos em Príncipes de Richard Bandler & John Grinder:

A primeira vista para terapeutas de outras linhas isso parece ser “impossível”, mas Bandler e Grinder trabalham nessa mentalidade de mudança rápida durante todo o livro.

Na verdade, a PNL pode fazer muito mais do que trabalhos da área da terapia e em problemas citados acima, esses são os principais trabalhos citados porque foram nessa área que Bandler e Grinder colocaram seus primeiros esforços, porém os mesmos princípios podem ser usados ​​para estudar pessoas que são excepcionalmente talentosos de qualquer forma, a fim de determinar a estrutura desse talento, como liderança, vendas, comunicação, esportes e muitos outros.

No livro Sapos em Príncipes os autores focam bastante na questão que a PNL baseia-se na premissa de que “os tipos de problemas que as pessoas geralmente não têm nada a ver com conteúdo, têm a ver com a estrutura, a forma de como organizam sua experiência”.

A tese central da PNL apresentada no livro Sapos em Príncipes é que a melhor maneira de ajudar os outros a superar problemas emocionais, comportamentais e psicossomáticos é discernir os processos pelos quais eles organizam e acessam seus pensamentos e sentimentos e os alteram.

Para indicar melhor o que o livro aborda vou seguir a estrutura padrão do livro, dividindo as próximas sessões conforme os dias do seminário.

livro sapos em principes

Minha cópia do livro Sapos em Príncipes!

 

DIA 1

A primeira parte do livro é focada na experiência sensorial, mostrando como é possível ler pistas sutis que revelam os sistemas representacionais do processo interno que está acontecendo com o paciente,  esses sistemas são os visuais, cinestésicos e auditivos.

O livro mostra formas de identificar a forma como a pessoa usa esses sistemas representacionais, sabendo então o processo interno que existe por trás de cada acesso ao sistemas, da mesma forma ao usar o mesmo sistema que o cliente, você consegue se comunicar melhor com ele.

sistema representacional visual - sapos em principes

Uma das formas que ele ensina no livro a ler essas pistas sensoriais é através dos movimentos oculares, de forma geral de o paciente está olhando para baixo e para a direita, eles estão acessando sentimentos cinestésicos; Para cima e para a esquerda, imagens construídas visualmente; para esquerda e para o lado, acessando sons recordados, conforme você pode ver na imagem acima.

Outro ponto que os autores reforçam várias vezes é que o terapeuta deve focar no que o cliente fala e expressa e diminuir a forma como você gera as representações internas a partir disso, ficando assim em uptime,  nesse estado no qual você presta total atenção no cliente e absorve o que ele diz e não suas próprias representações a respeito disso, não criando uma sobreposição do seu próprio estado interno sobre a realidade do cliente.

 

Dia 2

A segunda parte do livro Sapos em Príncipes de forma resumida vai mostrar a você que a experiência que você tem guardado de determinado fato, pouco está relacionado realmente ao o que ocorreu e sim a forma como você interpretou isso.

Isso acontece devido a forma como enxergamos o mundo, através de nossos filtros internos baseados em experiências que já vivemos, esses filtros são únicos, e varia de pessoas para pessoa e embora a interpretação de um fato possa ser similar, muito parecido… Não será a mesmo.

“O mapa não é o território” é famosa expressão que fala sobre isso.

Você está a todo momento criando seu próprio mundo, filtrando tudo que chega a você, interpretando a sua própria maneira.

Baseado nisso Bandler e Grinder transmitem a ideia que você pode mudar a forma como as pessoas lidam com memórias desagradáveis, dando-lhes novas maneiras de processar essas memórias, mudando elas de fato através de por exemplos as submodalidades, eles fazem isso mostrando vários exemplos interessantes e tentam criar uma linha de raciocínio nova para terapeutas que vem de linhas tradicionais de terapia.

 

O conteúdo não importa

Uma coisa que realmente gostei foi como eles abordam a questão do conteúdo, da história que o paciente traz e de como isso importa bem menos que o processo da mudança.

Por exemplo, da forma que eles abordam as práticas no livro, ao chamar um voluntário para o palco, eles determinação o problema como “X” e vão descobrindo como a pessoa estruturou internamente esse problema, sem saber ao certo o que é o ruim, somente o processo e a forma dela.

Ao buscar um recurso poderoso para mudar o problema “X”, eles também não sabem especificamente quais são os recursos bons que o paciente buscou.

“Foco no processo e não no conteúdo”

 

 

Dia 3

Na terceira parte do livro Sapos em Príncipes é focada no processo de remodelagem, nessa parte eu me surpreendi a cada página lida, de forma geral nas comunidades muitos se fala das técnicas aplicadas e mudança de submodalidade, mas sobre remodelagem nessa profundidade de conteúdo e detalhe, nada tinha chegado perto, foi uma surpresa fantástica essa parte final do livro!

Para você modificar seu comportamento atual, você entra em contato com a parte afetada para fazer o processo de remodelagem,  como objetivo descobrir qual é o ganho secundário do comportamento que parece indesejável. Com essa informação é possível trabalhar em um novo comportamento, um novo padrão de resposta.

O terapeuta nessa abordagem da PNL fala diretamente com a mente inconsciente do paciente através respostas fisiológicas no consciente, dessa forma o terapeuta atua mais como um instrutor, na forma de uma guia que vai ajudando o cliente sobre como proceder, sempre respeitando o conteúdo do paciente, assim não sabe o que o conteúdo do problema “X”.

 

Partes marcantes do livro

 

Existem apenas duas maneiras de falhar com este material (falando sobre o que ele ensinou no seminário): um é ser muito rígido e o outro é “não acreditar nele”, se você não acredita que realmente fobias podem ser desfeitas em três minutos, mas você decide tentar de qualquer maneira, essa incongruência aparecerá em sua comunicação não-verbal, e isso vai fazer tudo dar errado”

 

Eu gostei muito dos constantes lembretes dos autores abaixo, acho que devemos internalizar esse conceito de flexibilidade para nossa vida.

“Quando você faz algo que não funciona, faça outra coisa”

 

 

Minha opinião pessoal sobre Sapos em Príncipes

Esse livro foi uma inspiração para mim que procurava saber mais profundamente de onde a base da PNL surgiu, como proceder terapeuticamente usando PNL e principalmente de qual forma ela vai se diferenciar de outras técnicas.

Muitos livros atuais distorcem um pouco a PNL clássica, principalmente quando o autor tem outras bases ou junta muitas metodologias e para outras finalidades como vendas ou persuasão, já li alguns livros em que eu não sabia ao certo se falavam de PNL ou outra coisa, justamente por esses pontos…

Ler esse livro é muito mais profundo do que ler uma série de artigos ou vídeos desconexos, ao menos que eu siga um padrão muito bem definido de etapas e interligar todos eles com maestria… É muito difícil chegar no nível de linguagem e estrutura desse livro. Na minha visão cada um tem um propósito diferente, um cabe como uma fonte de informação e pesquisa rápida, de onde você pode começar a entender e aplicar, mas livros como esses te levam a outro NÍVEL de conteúdo.

Eu realmente recomendo esse livro! Eu comprei na Amazon, nesse link.

 

E você já leu esse livro? O que achou, cloque nos comentários eu gostaria de saber!

 

Abraço.

 

 

 

Círculo de Excelência - Técnica de PNL
Modelo de mundo na PNL
Social Shares
Rodrigo

Especialista em PNL (Programação neurolinguística), pesquisador de métodos de empoderamento humano, criador do projeto Crie Seu Destino e do Podcast Passos de Gigante, no qual fornece passos práticos para que você transforme a sua vida.