desafiando o conforto-

Pratique o Desconforto

Esse artigo faz parte do Desafio Heroico, se você ainda não faz parte dessa comunidade entre agora mesmo, o acesso é gratuito, clique aqui.

“A alma deve endurecer-se antecipadamente para ocasiões de grande estresse, e enquanto a fortuna é gentil, que se deve fortalecer contra sua violência.” – Sêneca

 

Marco Aurélio quando jovem adotou a robustez de um filósofo, perseguindo seus estudos, usou um manto grego grosseiro e dormiu no chão, na solicitação de sua mãe, no entanto, ele relutantemente consentiu em dormir em uma especie de sofá coberto de peles ”

Essa é a prática Estoica do desconforto voluntário, é um exercício estoico de desconforto auto-infligido para aumentar a tolerância do praticante, preparando ele para possíveis adversidades, mas acima de tudo desenvolver um senso de apreciação mais perspicaz para sua situação de vida atual.

Sêneca outro grande filosofo estoico reservava alguns dias para jejuar e comer comida extremante simples, mesmo podendo desfrutar de banquetes.

 

Porque aplicar o desconforto voluntário?

A ideia nunca foi uma punição e sim um fortalecimento, o objetivo não é deixar a vida mais difícil e sim elevar seu nível de resistência, do que você pode (e vai) suportar com tranqüilidade.

Ao fazer isso o resto da vida mais fácil, porque a felicidade e a estabilidade dependiam de ser indiferentes às mudanças de circunstâncias que a vida pode nos causar.

Sofrendo dificuldades voluntárias, você está melhor preparado para a involuntária vida dificuldades. Você pode permanecer intacto quando outros facilmente se quebram.

Um exemplo claro que vemos nos dias atuais quantas pessoas simplesmente enlouquecem quando algo da errado, como um voo que está atrasado, você não tem escolha a não ser encontrar algum espaço no aeroporto e usar esse tempo para outro tarefa. Se você pratica o desconforto voluntario, você será menos incomodado do que o cara gritando com os atendentes do aeroporto.

 

Pratique o Desconforto na sua vida

Acredito que uma ideia tem que ser vivida na pratica, hoje não vamos ficar imaginando como seria praticar algo desconfortável, vamos faze-lo! (mesmo que seja um pouco assustador).

Para os Estóicos no qual todo esse desafio é baseado, uma boa vida não dependia de nada externo. Prazer e luxo são criados para serem bons, ninguém está negando isso, mas quando simples confortos e luxos se tornam uma dependência, sua vida torna-se frágil, se certifique de que você não se torne dependente dessas coisas.

O desafio de hoje é dormir no chão. Esta noite você não tem cama!

A filosofia por trás desse desafio é praticar com coisas que você sabe que você poderia fazer ou viver sem. Coisas que não são necessárias se você pensar de maneira racional.

Dormir no chão será difícil, literal. Muitos não estão esperando por isso, especialmente se é a primeira vez que você faz isso durante a sua vida toda. Provavelmente vai ser desconfortável e você vai estar dolorido amanhã (mas não afetara sua saúde).

Como qualquer outra atividade, isso requer pratica, não vai ser mil maravilhas de inicio, mas quando você acordar, você estará começando o dia com uma vitória, uma conquista.

Podemos reservar alguns dias por mês para praticamos o desconforto voluntario, você pode tentar jejum, tomar banho frio, dormir no chão, nenhum desses desafios deve ser percebidos como uma dificuldade.

Pense comigo… Se você só pode estar confortável em sua própria casa, dormindo em seu colchão confortável, quão resiliente você é realmente?

Compartilhe esse artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest

Deixe uma resposta

Enfrente Seus Medos

Esse artigo faz parte do Desafio Heroico, se você ainda não faz parte dessa comunidade entre agora mesmo, o acesso é gratuito, clique aqui.  

Leia Mais »
Fechar Menu